O impacto da odontologia na vida de pacientes especiais


Sabemos que a Odontologia é muito importante para todas as pessoas, mas, para os pacientes especiais, essa importância é redobrada. Neste artigo falaremos um pouco a respeito disso, então fiquem atentos ao que se segue.

Existem pessoas que apresentam algumas restrições: Como dificuldade motora, síndromes, deficiência visual, entre outras, que as incapacitam de realizarem algumas atividades do cotidiano que para pessoas sem deficiência seria mais fácil.

Na nossa área da saúde, mas especificamente a  Odontologia, temos que acolher esses pacientes com mais atenção, pois sabemos o quanto é difícil o atendimento destes por apresentarem, muitas vezes, inúmeras restrições. Temos que ser mais cautelosos na hora do atendimento, podendo ser esse atendimento em ambiente clínico ou hospitalar.

Os cuidados com esses pacientes devem ser redobrados, como dito anteriormente, pois devemos ser mais tranquilos com eles, já que a qualquer agitação, eles podem ficar estressados (por isso que se usa a sedação, quando necessário). Passar confiança, fazer uso de alguns instrumentais específicos e saber lidar com seus medos é essencial. Sabemos o quanto a higiene oral previne doenças bucais, por isso é de extrema importância para todos nós que tenhamos uma boa escovação,  e esse cuidado deve ser maior para eles que apresentam restrição motora, impossibilitando a higiene correta dos dentes, além de apresentarem, na maioria das vezes, abertura de boca reduzida. É por isso que muitos precisam de ajuda para fazer a escovação da boca, mas nem sempre quem faz essa higienização realiza de maneira apropriada.

Compete ao Cirurgião-dentista examinar e tratar desses pacientes, orientando-os ou sua família, caso ele não responda por si, as maneiras e técnicas para uma eficiente higiene oral, para que esse  tipo de paciente não possa vir a ter problemas bucais no futuro, ou se já apresentarem, que sejam tratados o quanto antes e da melhor forma possível, sempre trazendo o bem-estar dele.

É frequente a quantidade de pacientes especiais que recebemos em nossas clínicas e consultórios apresentando sérios problemas de saúde oral, já que seus familiares negligenciam essa primeira etapa da saúde geral do indivíduo. Em pacientes com paralisias sérias de seu corpo, onde não respondem aos impulsos gerados pelo cérebro, ocorre a Miíase Oral (se você não aguentar cenas fortes, evite pesquisar fotos desse problema), já que eles mantém a boca sempre aberta e seus parentes ou responsáveis não a higienizam da forma correta.

Doem todo o seu amor a esses pacientes, pois mais do que ninguém, eles são extremamente sensíveis e merecem todo o seu carinho e atenção.

Forte abraço!
-Por: Daniella Allende

Sobre Victor Hugo Rebouças e Daniella Allende:

Acadêmicos do curso de odontologia da Universidade Potiguar, em Natal/RN. 🔸 Victor é o fundador e presidente da Liga Acadêmica de Odontologia Estética do Rio Grande do Norte e possui experiência em marketing voltado para a odontologia e redes sociais. É o autor-responsável do site O Dentista Acadêmico. 🔸 Daniella é aluna do último período da faculdade e conta com experiência em divulgação odontológica em mídias sociais. É sócio-autora do site O Dentista Acadêmico.